Categorias
Crónicas

Guterres ou o mistério dos leitores aos magotes

Uma das personagens deste blogue

Uma pessoa prepara com entusiasmo e alguma paciência um texto em que António Guterres surge como personagem (bem real) — e lá aparecem, a custo, uns quantos gostos no Facebook. O texto é lido por umas dezenas de leitores. Uma pessoa sorri.

Pois um dia, ao chegar a casa, uma pessoa escreve três parágrafos em trinta segundos irritados — e desatam a chover gostos e partilhas e tudo o mais como se o mundo acabasse já hoje (é só dia 20, malta!). Os três míseros parágrafos são lidos por milhares de leitores.

Tudo porque me pus a falar do sotaque do mesmo António Guterres.

Vá lá uma pessoa perceber isto.

Receba os próximos artigos

Marco Neves

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *