Certas PalavrasPágina de Marco Neves sobre línguas e outras viagens

Qual é a origem da palavra «onda»?

Por estes dias, muitos de nós andamos aos saltos nas ondas. Qual é a origem da palavra?

Num dia desta semana, à tardinha, estive no meio das ondas com o meu filho mais velho, o Simão. Nunca nos tínhamos divertido tanto no mar. É o que dá ter um filho já com altura de gente grande, embora ainda só tenha oito anos… 

No meio das ondas, com um filho ao lado e o medo de perder os óculos (como já aconteceu), não pensei na origem das palavras. Mas, quando cheguei a casa, pus-me a pensar: de onde veio «onda»? Fui investigar.

Parece que «onda» tem origem na raiz indo-europeia «*wódr̥». Essa palavra não significava «onda», mas «água». Aliás, é a palavra que deu origem à «water» inglesa (e irmãs germânicas).

Nas línguas celtas, a palavra também manteve o significado. Em irlandês, água diz-se «uisce» — palavra que deu o nome ao «whiskey». 

Já nas línguas eslavas, a palavra também se manteve com o significado indo-europeu. O nome da água em russo, por exemplo, é «voda» — que também deu origem ao nome de uma bebida alcoólica: «vodka», que é o diminutivo de «voda». O vodka é uma aguazinha…

Então e a nossa palavra? Não quer dizer água… Pelo caminho que a levou do proto-indo-europeu ao latim, a palavra deu um salto semântico e acabou em «unda», com o significado de «onda» — embora, diga-se, não haja certezas sobre este caminho, como quase nunca há. Já é bastante mais claro que a «unda» latina veio pelos séculos fora até à nossa «onda». 

Com mais ou menos saltos, não há que negar: é uma palavra com um indesmentível sabor a Verão… Com muitas ondas, aproveito para desejar um bom Agosto!

(Crónica no Sapo 24.)

Receba os próximos artigos


Autor
Marco Neves

Professor na Universidade Nova de Lisboa, tradutor na Eurologos e autor da História do Português desde o Big Bang.

Comentar

5 comentários
  • Sem falar da etimologia da palavra, fez-me lembrar Martim Codax, que a nossa Mãe declamava para nós… “Ondas do mar de Vigo…”
    Saudades desse tempo.
    E o meu saudoso Pai, JPM, no seu Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa, fala do latim “unda” ….

    Cps

  • “Onda “ como algo relativo a água surgiu primeiro, provavelmente . E depois lá vieram outros significados , como onda de rádio , de transmissão ; onda no sentido de algo na moda ( não sei se em Portugal “onda” também tem esse significado) e até velhas gírias regionais brasileiras ( “você está fazendo muita onda,” velha gíria brasileira que significa estar causando muita agitação – tem a ver com as ondas do mar !- ) e me faz lembrar do rock anos 80, a “new wave” …

  • Contudo, unda em latim já não significa água mas sim água agitada, em movimento.

    Aliás, água, propriamente dita, «elemento», em latim é aqua.

    Conclusão: quando a palavra latina unda chegou ao português, já não era simplesmente água mas sim esta em movimento ondulatório. Ao contrário aconteceu nas línguas germânicas e eslavas, por exemplo, onde a origem comum se manteve clara: wave e water (In); wella e wasser (A); volna e voda (R); etc.

    A minha dúvida: donde vem aqua em latim? Parece-me longínqua de wódr̥…

  • Professor Marco Neves, como sempre: MUITO BEM.

    E, já agora, a propósito de ONDA, sabe bem, é refrescante, também, o sabor de Agosto com inicial maiúscula; pois, os sabores de Agosto do AO 90 trazem-me, como que parasitas indesejáveis, comichões e até um certo prurido eczematoso. Como tratamento uso o seu creme…

    Obrigado e boas férias com a Família.

Certas Palavras

Autor

Marco Neves

Blogs do Ano - Nomeado Política, Educação e Economia