Certas PalavrasPublicação de Marco Neves sobre línguas e outras viagens

Quantos livros podemos ler durante a vida inteira?

Muito poucos, lamento dizer. Uma gota no oceano, para dizer a verdade.

Vamos supor que vivemos 100 anos (um valor um pouco acima da média, mas vamos fazer de conta). Vamos ainda imaginar que não fazemos mais nada na vida que não seja ler. Vamos ser utópicos e imaginar que lemos um livro por dia desde os 10 anos. Isto dá 32 850 livros numa vida só. Vamos agora pôr um pouco de realismo nisto… Uma média de um livro por semana durante 70 anos (é preciso ser um grande leitor para conseguir isto). Dá 3640 livros numa vida. E quase ninguém consegue ler tanto…

Ora, isto é muito ou é pouco?

É pouquíssimo! Quase todas as bibliotecas têm muito mais livros do que isto. Por ano, são publicados quase 300 000 livros (estou a falar de edições, não de exemplares). E isto só nos EUA! Em Portugal, devemos andar pelos 15 000 por ano (não tive tempo para verificar).

Ou seja, no fundo, se olharmos para a pilha dos livros que nunca leremos, vemos que todos estamos quase tão longe do final da pilha como uma pessoa que nem sequer lê.

Por isso, da próxima vez que alguém ficar chocado por saber que alguém ainda não leu um certo livro, lembre-se que nunca lerá a imensa maioria dos livros do mundo, incluindo, com toda a probabilidade, alguns dos melhores livros de sempre.

Temos de descontrair — e ler, não para ler tudo, mas por prazer e para saber mais.

Peguem lá no livro que não há tempo a perder…

20140804-004425-2665950.jpg

Autor
Marco Neves

Tradutor na Eurologos, professor na Universidade Nova de Lisboa e autor da Gramática para Todos.

Comentar

4 comentários
Certas Palavras
Blogs do Ano - Nomeado Política, Educação e Economia